Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
A IMPORTÂNCIA DE SER GEORGES BATAILLE

A IMPORTÂNCIA DE SER GEORGES BATAILLE

Teatro & Arte | Performance

São Luiz Teatro Municipal

Sala Mário Viegas
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
A partir dos 3 anos
2019
mai
14
a
2019
mai
19
Realizado

Duração

115 minutos

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

EGEAC, Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural

Sinopse

Bonneville prossegue o seu projecto de espectáculos em série sobre as vidas e obras de artistas e pensadores cuja importância tem sido vital no seu percurso artístico. Neste espectáculo, onde a performance e a escrita acontecem numa ligação directa com filosofias políticas radicais, toma como ponto de partida Georges Bataille ensaísta, filósofo e romancista francês do século XX , continuando desta forma a procurar formas de desenvolver e desdobrar um corpo pós-cristão ligado a um materialismo dionisíaco capaz de se dobrar, torcer e partir em dois. Continuando a eleger a experiência sensível à explicação lógica, Bonneville faz do luto da Figura humana um interminável e incurável processo que Bataille quis ou acreditou resolver.

Direção e Interpretação: Miguel Bonneville; Interpretação e Cocriação: Afonso Santos, Vanda Cerejo, Catarina Feijão e Francisco Rolo; Música original: Luís Kasprzykowski; Sonoplastia: BlackBambi; Figurinos: Mariana Sá Nogueira; Cabelos e Maquilhagem: Jorge Bragada; Desenho de luz: Nuno Patinho; Cenografia: Nuno Tomaz; Acompanhamento: Pedro Arrifano; Registo vídeo e fotográfico: Joana Linda; Assessoria de Imprensa: Sara Cunha; Coordenação de Produção: Cristina Correia; Produção: Teatro do Silêncio; Apoio: Citemor e Residências da Boavista/Polo Cultural das Gaivotas; Agradecimentos: Cão Solteiro, Companhia Clara Andermatt.

Coprodução: Teatro Municipal do Porto Rivoli e São Luiz Teatro Municipal

-
Partilhar
Cartão São Luiz